17/10/2017 (75) 99274-4456

Política

Destak

'Eu sei que eu tô lascado', diz Lula sobre ações contra ele

Ex-presidente disse que não quer que Moro o absolva, mas que peça desculpas

Por TNews 10/10/2017 às 00:02:28

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da silva fez um discurso inflamado e com cara de pré-campanha na noite desta segunda-feira. Embora tenha admitido que está "lascado" porque todo dia um novo processo surge contra ele, segundo ele as acusações são "mentiras".

O ex-presidente disse que não quer absolvição, mas um pedido de desculpas do juiz Sergio Moro, que o condenou a nove anos de prisão pelo caso do tríplex do Guarujá.

Para o ex-presidente, há um objetivo orquestrado para evitar que ele seja candidato à Presidência em 2018. Ele avisa, no entanto, que não tem medo. Além do caso do apartamento no Guarujá, em que já foi condenado, Lula também é réu em outras seis ações penais.

Eu sei que eu tô lascado, todo dia tem um processo. Eu não quero nem que o Moro me absolva, eu só quero que ele peça desculpa. Eles estão mexendo com uma pessoa que tem como legado respeitar as pessoas, eu sempre respeitei os de baixo e os de cima. Agora, não tenho medo, e não posso aceitar as mentiras que a Polícia Federal contou a meu respeito, não posso aceitar as mentiras que o Ministério Público contou e não posso aceitar o juiz Moro ter aceito as mentiras e ter feito o julgamento que fez ? discursou.

No auditório lotado de militantes e simpatizantes que participavam do Seminário de Educação Pública, Lula foi aplaudido quando disse que não podem impedi-lo de ser candidato, e fazerem com isso toda a população brasileira sofrer. Segundo o petista, não adianta barrarem sua candidatura a um terceiro mandato à frente do Palácio do Planalto, pois ele continua sendo um forte cabo eleitoral.

O discurso soa como vacina para o caso de o PT ter de lançar mão de uma candidatura alternativa à Presidência no ano que vem. Como já foi condenado em primeira instância, Lula pode se tornar inelegível se a condenação for confirmada pela segunda instância da Justiça. É o que prevê a Lei da Ficha Limpa. Apesar disso, o ex-presidente lidera as pesquisas de intenção de voto em todos os cenários.

? O objetivo é não deixar o Lula ser candidato? Eu não acho que o Brasil deveria sofrer por conta disso, eu não acho que eles deveriam levar 210 milhões de pessoas a sofrer, a voltar o desemprego só para prejudicar o Lula. Eles acham, e estão fazendo todo santo dia com a certeza de que nós vamos desistir da disputa.

O problema deles não é o Lula, porque o Lula é feito de carne e osso e desaparece a qualquer momento. O problema deles é que neste país tem milhões e milhões de jovens, de adultos, de velhos como eu, de crianças que já aprenderam a ter consciência política. Então, se eles acham que me tirando da disputa está resolvido o problema deles, façam, e vamos ver o que acontece neste país. Eles chegam a dizer: ah, se o Lula não for candidato, ele não vai ter força como cabo eleitoral. Testem ? desafiou o ex-presidente.

Último a falar no evento, em que também discursaram parlamentares petistas e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad _ apontado como plano B do partido para as eleições presidenciais de 2018_, Lula também atacou o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), pré-candidato ao Planalto que aparece com 20% das intenções de voto.

? Eles (do mercado financeiro) conversaram com o Bolsonaro, e o Bolsonaro agradou o mercado. Se o Bolsonaro agradou o mercado, nós do PT temos que desagradar o mercado. Eu não tenho cara de demônio, mas eu quero que eles me respeitem ? discursou. provocando risos e aplausos.


Fonte: O Globo

comentários