13/12/2017 (75) 99274-4456

Bahia

Ifarma

Aliados de Rui na Câmara devem ser contra concessão do centro de convenções da prefeitura

Por Portal TNews 05/12/2017 às 10:21:56

O projeto de concessão do novo centro de convenções de Salvador deve ser alvo de questionamentos de aliados do governador Rui Costa durante a votação da matéria, prevista para acontecer nesta quarta-feira (6). O discurso do líder da bancada de oposição na Casa, vereador José Trindade, é de que Salvador possui outras prioridades no momento. "A cidade tem outras prioridades.

A cidade hoje não atende a sua população mais carente, seja em relação à saúde, seja em relação à educação", criticou. Em entrevista ao Bahia Notícias, ele admitiu que a construção de novos centros de convenções "é bom para a cidade", mas desdenhou do projeto apresentado pela prefeitura, que prevê um equipamento na orla da Boca do Rio, onde ficava localizado o Aeroclube. "O centro de convenções me parece que é mais uma birra do prefeito, porque o governador já estava fazendo um projeto para um centro de convenções decente, para abarcar eventos internacionais", reclamou Trindade.

Apesar de ser um dos principais aliados de Rui no cenário político local, ele nega que suas críticas sejam resultado das recentes trocas de farpas entre o governador e o prefeito em torno do centro de convenções. Por outro lado, o vereador Duda Sanches (DEM), correligionário de ACM Neto, refuta as críticas de Trindade e defende que o projeto de lei que deve ser votado nesta quarta é prioridade para a cidade.

"A gente falar de centro de convenções é falar de emprego, é falar de turismo. Isso nunca pode deixar de ser prioridade. É óbvio que nós temos saúde e educação como pilares da gestão do prefeito ACM Neto, mas a gente precisa colocar o pão na mesa do cidadão", comentou o vice-líder da bancada de governo na Câmara e relator do projeto de concessão na Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Câmara. "A cidade perdeu o protagonismo para outras capitais do Nordeste por conta da ausência de um centro de convenções. O governo do estado foi omisso. Rui já adiou o lançamento de um novo centro de convenções diversas vezes", contestou o vereador do DEM.

O projeto que deve ser votado nesta quarta entre os vereadores foi recebido pela Câmara no início de novembro e autoriza a concessão de uso do novo centro de convenções pelo prazo de ao menos 35 anos. Ele tem investimento estimado em R$ 123 milhões e deve ter o edital de construção lançado este mês. Segundo o texto, o prazo de concessão pode ser prorrogado com base em estudos técnicos.

comentários