13/12/2017 (75) 99274-4456

Bahia

Ifarma

Eleitores de 3 localidades de Antônio Cardoso devem agendar o recadastramento biométrico nesta sexta (08)

Por Portal TNews 05/12/2017 às 11:01:05

Os eleitores que votam nas seções de Bananeiras, Tócos e Santo Antônio, no município de Antônio Cardoso devem agendar o recadastramento biométrico em suas localidades nesta sexta-feira, 8 de dezembro, as senhas serão distribuídas no período da manhã e tarde. 

Vejam os locais e horários

Em Bananeiras a distribuição das senhas começa às 8h:00 no colégio Heraldo Tinoco; 

Na comunidade de Tócos a partir das 10h:30min no posto de saúde e em Santo Antônio será às 14h:30min na Escola Municipal Juvino Dias.


Os eleitores devem levar os seguintes documentos:

- Documento oficial de identificação que contenha foto (Ex.: RG, CNH, Carteira Profissional, Passaporte, Carteira de Reservista ou Certificado de Alistamento Militar - EM ORIGINAL);
- Comprovante de residência recente (emitido, no máximo, há 3 meses) no nome do eleitor ou de parente, devendo comprovar o parentesco;
- Documento comprobatório de alterações de dados pessoais, se houver (Ex.: certidão de casamento com homologação de separação, sentença judicial etc.);
- Se for o 1º título eleitoral, necessita-se ainda do comprovante de quitação do serviço militar (para homens com idade entre 18 e 45 anos).

 OBS.: - Se você tiver o Título Eleitoral anterior, leve-o (se o tiver perdido, não é necessário trazer boletim de ocorrência);

 - A CNH (Carteira Nacional de Habilitação) não é válida como documento de identificação para o alistamento eleitoral (1º título de eleitor) por não conter nacionalidade/naturalidade, assim como o Passaporte, se não contiver a filiação.

Obrigatoriedade 

Estão obrigados a fazer o recadastramento todos os eleitores, inclusive aqueles cujo voto é facultativo (analfabetos; eleitores com idade entre 16 e 18 anos; os maiores de 70 anos de idade). O cidadão que não fizer o recadastramento dentro do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral terá o título cancelado. 

Prejuízos

Os eleitores que não realizarem o cadastramento biométrico, além de não poder votar nas próximas eleições, ficam impedidos de:

Requerer passaporte ou carteira de identidade;

Receber salário e benefícios sociais de entidades públicas ou assistidas pelo governo;

Fazer parte de concorrência pública ou administrativa em qualquer instituição da União, dos estados, dos municípios ou do Distrito Federal;

Solicitar empréstimos em qualquer banco ou estabelecimento de crédito subsidiado pelo governo;

Inscrever-se em concursos públicos ou tomar posse de cargos públicos;

Renovar matrícula em qualquer instituição de ensino pública ou fiscalizada pelo governo;

Requerer qualquer documento que necessite da quitação eleitoral.


TNews com informações do TRE-Ba

comentários