16/01/2018 (75) 99274-4456

Educação

Ifarma

Encceja será aplicado nesta terça e quarta para pessoas privadas de liberdade

Prova foi desenvolvida para conferir o exame dos ensinos médio ou fundamental. Há 73 mil inscritos nesta edição da prova

Por Portal TNews 19/12/2017 às 09:44:32

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) será aplicado nesta terça (19) e quarta (20) para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no total são 73.732 inscritos, de 1.323 unidades prisionais ou socioeducativas, localizadas 699 municípios brasileiros.


Na mesma data será feita a reaplicação para 22 participantes afetados por questões logísticas na aplicação regular, realizada em 19 de novembro.


No primeiro dia serão aplicadas as provas para certificação do Ensino Fundamental: Ciências Naturais; História e Geografia; Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação; e Matemática. No dia seguinte, será a vez das provas para certificação do Ensino Médio: Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens e Códigos e suas Tecnologias e Redação; Matemática e suas Tecnologias.


As provas ocorrem em dois turnos. Pela manhã, a aplicação vai das 9h às 13h (horário oficial de Brasília). De tarde, o início será às 15h e o término às 20h. Os participantes devem estar na sala de aplicação com uma hora de antecedência.


Encceja PPL

O Exame é destinado a pessoas submetidas a penas privativas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade. Cada unidade prisional e socioeducativa conta com um responsável pedagógico para representar os participantes na inscrição e certificação. Ele é o responsável pela inscrição e por repassar todas as informações necessárias aos participantes. Para participar do Encceja PPL é preciso ter, no mínimo, 15 anos de idade para quem busca a certificação do Ensino Fundamental; e 18 anos para quem busca a certificação do Ensino Médio.

Fonte: G1 Bahia

comentários