13/04/2021 075 99274-4456

Geral

Ifarma

Transformação digital é o caminho para a desburocratização do Brasil, diz secretário da Economia

Por Redação TNews 08/03/2021 às 10:20:19

A transformação digital do Estado brasileiro é o caminho para diminuir a burocracia e melhorar o ambiente de negócios do Brasil. A avaliação é do secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Caio Paes de Andrade. Para ele, a digitalização pode impulsionar ainda mais o empreendedorismo no país. “A gente persegue esse objetivo para melhorar números, mas, acima de tudo, para melhorar o ambiente de negócio no país. O Brasil precisa de menos burocracia. Nós combatemos a burocracia, já conseguimos muitas vitórias, vocês vão conhecer sobre a identidade digital que vai ser um avanço enorme no Brasil que combate a burocracia. Toda REDESIM, que é a rede que administra a abertura e fechamento de empresas, juntamente com o DREI [Departamento de Registro Empresarial e Integração], está todo mundo comprado nesse tema e sabendo que é fundamental que a gente possa permitir que o empresário abra a empresa, já possa tirar sua nota fiscal, comece a faturar e tenha as facilidades de poder dizer: quero participar do mercado, então me deixe trabalhar, me deixa seguir em frente”, afirmou em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, nesta segunda-feira, 08.

A declaração de Caio Paes de Andrade acontece após o governo federal contratar 350 empregados temporários para atuar na criação de startups nos ministérios. A proposta, segundo o secretário, é que as equipes atuem como responsáveis pela transformação digital de serviços públicos direcionados à população. “É um trabalho pontual, trabalho que começo, meio e fim e tem vitórias rápidas. Vamos resolver um problema pontual, é um trabalho de quatro ou cinco meses, acreditamos que vamos conseguir ajudar na velocidade da tão necessária transformação digital do governo brasileiro”, afirmou. De acordo com o membro do ministério da Economia, a proposta é que a transformação digital dos serviços públicos, priorizando os que resultam em maior impacto para a sociedade, aconteça até o fim de 2022. “O Estado também é um ente que vai ser digital. A nossa expectativa é que isso possa, e as tecnologias vão dizer como vai ser isso, em 10 anos digitalizar o Estado inteiro”, disse, pontuando que o resultado da digitalização será maior eficiência e melhores decisões dos gestores. “O que é digital vai pra frente, nunca volta para trás. Vamos digitalizar o país.”

Fonte: JP

Comentários